Jornal dos Filhos da Caridade, editado pela Fraternidade Anizan
Domingo, 6 de Fevereiro de 2011
Espiritualidade Anizan.

 

 

Olha bem para esta cruz, ela não se inclina sobre o vazio, ela cobre toda a face do globo, onde habitam os povos desta terra…

 

Um globo aberto ao infinito e ao mistério, por onde entra o amor.

Sim, olha-a bem, ela não está direita, nem hirta como a morte.

Ela se anima e vive, ela sacode a poeira da rotina que ameaça, sem cessar, minar todas as coisas e nos fazer perder a esperança… Olha-a outra vez, ela te convida à dança.

Cabe a ti dar o primeiro passo, ela te aguarda, atreve-te e a tua vida não será mais triste.


“Se alguém quiser vir após mim,… tome a sua cruz e siga-me.” (Marcos 8,34)

Não a percas de vista e repara, como ela se acomoda à letra C, se aconchega, à letra C como em Caridade…
Nem nada, nem ninguém a poderá demover!

“Estou convencido de que nem a morte nem a vida, nem o presente, nem o futuro, nem poder algum, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do Amor de Deus que está em Jesus Cristo, Senhor nosso.” (Romanos 8, 38-39).

Bernard Clairaut, f.c.

Publicado na revista Chantiers



publicado por apartilha às 14:59
link do post | favorito

sobre A Partilha
pesquisar
 
posts recentes

Notícias - Fevereiro 2011

Vai, anuncia o Evangelho ...

Apelo do amor

Um caminho a percorrer

Una paixão: Acompanhar o ...

A minha experiência de or...

Espiritualidade Anizan.

Filhos da Caridade

Filhos da Caridade - Cari...

A Fraternidade Anizan.

arquivos

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Temas

todas as tags

subscrever feeds